O Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome – MDS publicou no Diário Oficial da União portarias em que aprova o orçamento de entidades do Sistema “S” para 2015. Ao todo, três entidades já tiveram seu montante de verbas previsto para o próximo ano: Sesi, Sesc e Sest receberão quase R$ 15 bilhões, se somados os valores aprovados.

A primeira que teve os valores definidos foi o Serviço Social da Indústria – Sesi, cujo orçamento previsto para 2015 será de mais de R$ 7,8 bilhões. Serão destinadas verbas para o pagamento de pessoal e custeio do órgão, para promover a educação (por intermédio de cursos de aprimoramento, por exemplo), para investimento na qualidade de vida dos empregados e para aprimoramento do sistema.

A segunda entidade foi o Serviço Social do Comércio – Sesc, com um valor estimado de R$ 6,3 bilhões destinados. O montante será aplicado em atividades de assistência social a comerciários, como investimentos em lazer e educação, e para custeio do órgão.

Já a terceira e última entidade foi Serviço Social do Transporte – Sest, que terá um orçamento para o exercício de 2015 de quase R$ 556 milhões. A quantia será aplicada no custeio das despesas correntes, investimento na qualidade de vida dos funcionários e assistência ao trabalhador do setor de transportes.