O Planejamento autorizou hoje, 11, que o Ministério da Justiça adquira R$ 181.680.989,00 (cento e oitenta e um milhões, seiscentos e oitenta mil, novecentos e oitenta e nove reais) em veículos.

Comentário do CAB: questiona-se se essa autorização foi precedida de estudos prévios que demonstram ser a aquisição mais indicada do que a locação, visto que a simples compra obriga despesas futuras vultosas com manutenção. Essa avaliação prévia da vantajosidade é obrigatória pela incidência do princípio constitucional da economicidade.

Confira a íntegra da Portaria nº 428, de 8 de novembro de 2013, publicada no Diário Oficial da União.