O Ministério da Previdência Social resolveu instituir uma boa prática para a execução de suas competências. O órgão publicou hoje no Diário Oficial da União, a Portaria nº 534, de 8 de dezembro de 2014, que estabelece princípios e diretrizes para gestão de riscos no âmbito do Ministério e de suas entidades vinculadas.

A gestão de risco é o conjunto de atividades coordenadas para dirigir e controlar uma organização no que se refere ao risco. O risco se configura quando há incerteza nos objetivos da instituição.

Com as novas regras, o Ministério deverá identificar, analisar, avaliar, promover o tratamento e monitoramento dos riscos inerentes às atividades desempenhadas, e, com isto, melhorar a comunicação e a tomada de decisões estratégicas.

Por meio da medida, a Previdência Social pretende, dentre outros objetivos, aumentar a probabilidade de atingir as metas organizacionais; fomentar uma gestão proativa; estar atento para a necessidade de identificar e tratar os riscos em toda a organização; melhorar a identificação de oportunidades e ameaças; aprimorar a comunicação e o desempenho em saúde, segurança e na proteção do meio ambiente; e aperfeiçoar a governança.

A portaria prevê ainda a adoção de princípios garantidores da eficácia da gestão de risco. Com isto, o órgão e as entidades a ele vinculadas deverão contribuir para a realização demonstrável dos objetivos institucionais e estratégicos para dar maior efetividade aos processos e serviços disponibilizados à população.