O Canal Aberto Brasil vem a público para se retratar de informação publicada na semana passada acerca de Mikhail Gorbachev Guy Eirado. Ao contrário do que foi afirmado, de que teria sido beneficiado por suposta fraude, o atual servidor do Ministério Público Mikhail Gorbachev foi quem propôs a denúncia junto à Procuradoria do Distrito Federal contra o concurso do Tribunal de Contas do Distrito Federal – TCDF.

No último concurso para o cargo de auditor, Eirado foi aprovado na sexta colocação, ficando de fora das vagas previstas em edital. Ele entrou com pedido para revisão de questões junto ao CESPE, banca organizadora do concurso, por considerar ter havido falta de lisura no processo de correção das provas. Após ter o pedido negado, Mikhail não viu outra alternativa se não buscar os seus direitos pelas vias legais.

O TCDF, por meio de sua assessoria de imprensa, disse que todo o certame foi conduzido pelo CESPE. Pelo fato de o candidato não ter tomado posse, o órgão alegou não ser necessário esclarecer quaisquer fatos sobre supostas irregularidades.

Como o MPDFT estava de recesso desde a quarta-feira, 1º, a equipe do CAB não conseguiu contato e confiou na informação repassada por uma de suas fontes. Pedimos desculpas aos leitores e, principalmente, ao senhor Mikhail Gorbachev Guy Eirado pelo erro cometido.