O Plenário da Câmara dos Deputados aprovou nesta terça-feira, 9, o Projeto de Decreto Legislativo nº 1612/2014, do Senado, que indica o senador Vital do Rêgo (PMDB-PB) para a vaga de ministro do Tribunal de Contas da União – TCU que cabe àquela Casa preencher. Ele contou com o voto favorável de 313 deputados, 8 contra e mais 8 abstenções. A indicação será promulgada pelo Congresso. O cargo de ministro do TCU é vitalício, mas obedece ao limite de aposentadoria do serviço público (70 anos).

Vital do Rêgo está em seu primeiro mandato no Senado Federal. O senador atualmente é o presidente da Comissão Parlamentar Mista de Inquérito – CPMI da Petrobras e da CPI do Senado que também investiga a estatal. Também preside a Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania – CCJ e é corregedor do Senado. Vital também foi presidente da Comissão Especial para Reforma da Lei de Licitações, que está na pauta de votações do plenário do Senado.

Natural de Campina Grande (PB), Vital do Rêgo é filho do ex-deputado federal Antônio Vital do Rêgo e da atual deputada federal Nilda Gondim (PMDB-PB).

Ele é formado em Direito pela Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) e em Medicina pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Começou sua carreira parlamentar como vereador em 1988, passando a deputado estadual de 1994 a 2006, quando se elegeu deputado federal.