O jornal Correio Braziliense desta segunda-feira, 20, traz notícia sobre os quase R$ 4 bilhões que retornaram aos cofres públicos, desde 2008, devido a inexistência de projetos estruturados de aplicação destes montantes.

O periódico aponta a falta de capacitação de servidores públicos como a principal causa para essa carência de projetos adequados. Porém, o jornal também aponta o excesso de burocracia como entrave para a liberação de recursos.

Leia a íntegra da matéria no site do Correio Braziliense – é necessário ser assinante.