A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior aprovou o novo regulamento do prêmio Capes de Teses, concedido anualmente em reconhecimento às melhores teses de doutorado aprovadas nos cursos de pós-graduação reconhecidos pelo Sistema Nacional de Pós-Graduação. Os prêmios serão divididos em três grandes áreas: Ciências Biológicas, Ciências da Saúde e Ciências Agrárias; Engenharias, Ciências Exatas e da Terra e Multidisciplinar (Materiais e Biotecnologia); e Ciências Humanas, Linguística, Letras e Artes e Ciências Sociais Aplicadas e Multidisciplinar.

Os vencedores do concurso receberão diploma, medalha e bolsa de pós-doutorado nacional de até 12 meses, para o autor da tese; auxílio para participação em congresso nacional, para o orientador, conforme estabelecido em edital publicado anualmente;  distinção a ser outorgada ao orientador, coorientador e ao programa em que foi defendida a tese; e  passagem aérea de trechos nacionais e diária para o autor e um dos orientadores da tese premiada para que compareçam à cerimônia de premiação que ocorrerá na sede da Capes, em Brasília.

A Capes já disponibilizou em seu sítio eletrônico o edital contendo o cronograma para as inscrições das teses, o julgamento dessas e a entrega dos prêmios. Ficará à cargo da entidade constituir uma comissão de premiação, para cada área do conhecimento, composta por no mínimo três membros, indicados pelos coordenadores de área e aprovados pela Diretoria de Avaliação.

Os critérios de premiação serão: a originalidade do trabalho; sua relevância para o desenvolvimento científico, tecnológico ou social; o valor agregado pelo sistema educacional ao candidato.

O prazo para a inscrição dos interessados é até o dia 20 de julho. Já a cerimônia de premiação está agendada para o dia 14 de dezembro de 2016.