Um exemplo de boa prática de gestão foi adotado pelo Ministério da Justiça ao editar a Portaria nº 3173 de 2013, publicada no Diário Oficial da União do dia 02 de outubro. Pela portaria, permite-se a cessão de servidores integrantes das carreiras da Polícia Federal apenas para a ocupação de cargos comissionados que estejam no âmbito da estrutura organizacional do Ministério da Justiça.

A portaria restringe exageros na prática de cessão de servidores, o que é algo bastante comum na gestão pública, mas, mesmo sendo um meio de solucionar problemas para vacâncias em determinados cargos, por vezes torna-se um obstáculo na gestão de pessoal. Explica-se: realiza-se concurso para determinada carreira e um número significativo de aprovados é remanejado para outros órgãos, o que mantém a deficiência que ensejou a realização do certame.

O regime jurídico único dos servidores federais, a Lei nº 8112/1990, define a cessão de servidores em seu artigo nº 93. Já os policiais federais possuem estatuto próprio.