A Controladoria-Geral da União – CGU, em parceria com a Rede de Transparência e Acesso à Informação – RTA e Organização dos Estados Americanos – OEA, lançaram o concurso de curtas metragens “Informe-se e melhore a sua qualidade de vida” (“¡Infórmate! y mejora tu calidad de vida”). A iniciativa tem por objetivo conscientizar os cidadãos sobre a importância do exercício do direito de acesso à informação pública para melhorar a qualidade de vida.

O concurso é voltado a estudantes de cinema, audiovisual e design gráfico de universidades públicas e privadas dos países componentes da RTA (Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Colômbia, Guatemala, Equador, El Salvador, Guatemala, México, Peru e Uruguai), que podem participar de forma individual ou em grupo. Para participar, o interessado deve preencher o formulário de inscrição na página do concurso e colar o endereço do vídeo – que deve ser postado no Youtube, de forma privada – até o dia 31 de janeiro de 2015.

A peça audiovisual deve ter, no máximo, 120 segundos de duração e comunicar uma mensagem de estímulo e defesa do direito de acesso à informação para a melhoria da qualidade de vida das pessoas – em áreas como a saúde, educação, meio ambiente, segurança, trabalho, programas sociais, entre outros. É importante não esquecer de enviar a transcrição em português do texto do curta.

Os vencedores (primeiro, segundo e terceiro lugar) ganharão passagens para a Conferência Internacional de Comissários de Informação 2015 (ICIC), em Santiago, no Chile, onde ocorrerá a cerimônia de premiação. Haverá também menção honrosa a, pelo menos, um vídeo de cada país membro da RTA. As peças vencedoras serão difundidas pelos meios de comunicação da OEA, assim como das instituições componentes da RTA, redes sociais e outros.

Além de promover o uso da informação pública, o concurso pretende gerar um debate entre governo, cidadão e sociedade civil, bem como estimular jovens artistas e criadores culturais a serem multiplicadores do exercício de acesso à informação. Nesse sentido, espera-se que a junção de criatividade, teoria e tecnologia dos participantes resulte em vídeos que transmitam mensagens sobre a utilidade social do acesso à informação e a vida cotidiana.

Dúvidas podem ser tiradas pelo e-mail: oea_concursoinformate@oas.org