Está agendada para a próxima terça-feira, 16 de agosto, na Comissão de Desenvolvimento Econômico, Indústria, Comércio e Serviços da Câmara dos Deputados, uma audiência pública para o Debate Setorial sobre Infraestrutura no Brasil. O evento pretende servir para que os parlamentares possam dialogar com os empresários brasileiros, a fim de entender quais são os maiores problemas enfrentados pelo setor e como estes podem ser superados.

O deputado Laércio Oliveira, autor do pedido de audiência pública, destacou que os problemas enfrentados pelo país precisam ser superados. “O desemprego no Brasil alcançou a maior taxa da série histórica do IBGE e os custos de energia, logística, juros altos, crédito seletivo, inflação em elevação e consumo enfraquecido dificultam o investimento produtivo”, explica o relator.

Para o encontro, foram convidados o presidente da Associação Nacional das Empresas de Obras Rodoviárias – Aneor, José Alberto Pereira Ribeiro; o presidente da Associação Brasileira dos Terminais Portuários – ABTP, Wilen Manteli; o presidente da Associação Nacional dos Transportadores Ferroviários – ANTF, Fernando Paes; o presidente da Associação Brasileira de Concessionárias de Rodovias – ABCR, Flávio Freitas; e o presidente da Associação de Terminais Portuários Privados – ATP, Murillo Barbosa.

Congresso fiscaliza rodovias com auxílio ao TCU

Também está agendada para a o dia 23 de agosto uma reunião da Comissão Externa da Câmara dos Deputados que acompanha as atividades das administradoras dos trechos da BR-040 e da BR-116. No encontro, estará presente o secretário de Fiscalização de Infraestrutura de Rodovias do Tribunal de Contas da União – TCU, André Luiz Vital.

A comissão foi criada a pedido do deputado Hugo Leal para “acompanhar e fiscalizar os planos de trabalho, obras realizadas, aditivos contratuais, intervenções futuras, investimentos, obrigações e direitos das concessionárias administradoras dos trechos da BR-040, que liga o Rio de Janeiro a Juiz de Fora (MG); e da BR-116, que liga o Rio de Janeiro a São Paulo, e Além-Paraíba a Teresópolis”, conforme destaca matéria publicada pela Agência Câmara.