A Coordenação-Geral de Operações da Dívida Pública definiu as condições específicas que devem ser observadas na oferta pública de Notas do Tesouro Nacional. As regras foram aprovadas por meio da Portaria nº 81, de 9 de fevereiro, publicada hoje no Diário Oficial da União.

O acolhimento das propostas e o leilão ocorreram ontem. Hoje acontecerá a emissão e a liquidação financeira. Foi aceita a quantidade máxima de sete propostas para instituições dealers (credenciadas) e de três para instituições não dealers. Para o público, foram autorizados a emissão de 1.300.000 títulos, que serão distribuídos a critério do Tesouro Nacional.