A Presidência da República fez publicar no Diário Oficial da União desta quarta-feira, 26, um crédito suplementar de R$ 107,5 milhões para reforço de dotações orçamentárias de diversos órgãos do Poder Executivo. Dentre os beneficiados estão a própria Presidência, o Ministério da Ciência e Tecnologia, o Ministério da Cultura, o Fundo de Desenvolvimento da Educação, o Ministério da Justiça, o Fundo Nacional de Segurança Pública, Fundo Nacional de Saúde, entre outros.

O maior volume de recursos foi justamente para o Fundo Nacional de Saúde: 87% do montante, o que representa R$ 93,7 milhões. Os recursos serão utilizados para aprimoramento da infraestrutura da rede de serviços básicos, atendimento especializado e manutenção de unidades em todo o país.

Comentários do CAB: É uma ótima soma liberada pelo governo. Devemos sempre aplaudir os investimentos em saúde e educação, áreas tão carentes do nosso país. No entanto, conforme o presidente do Tribunal de Contas da União, Augusto Nardes, vem destacando, não basta apenas direcionar vultuosos recursos, e, sim, gastá-los a partir de um planejamento efetivo para que haja eficácia. Enquanto não houver um modelo eficaz de governança, continuaremos a presenciar a aplicação ineficiente do dinheiro público.