Muito conhecido por suas obras acadêmicas, o advogado e professor Jorge Ulisses Jacoby Fernandes está com mais uma novidade para os estudantes e profissionais da área do Direito, três livros estão com edições atualizadas e com promoção de lançamento pela Editora Fórum: Vade-Mécum de Licitações e Contratos – VMLC, Contratação Direta sem Licitação e Tribunais de Contas do Brasil.

O livro VMLC está na sétima edição e é o mais completo material de licitações e contratos do Brasil, organizado com o proposito de garantir segurança jurídica aos operadores da área. A obra reúne a mais relevante jurisprudência dos Tribunais de Contas e do Poder Judiciário, trazendo o entendimento atual para os mais complexos temas envolvendo licitações e contratos.

Já os livros Contratação Direta sem Licitação e Tribunais de Contas do Brasil estão com 20% de desconto em cada, se comprado pelo site da Editora Fórum. O Contratação Direta sem Licitação está em sua 10º edição e o seu objetivo é estabelecer, com base na melhor jurisprudência e doutrina, um norte seguro para a contratação direta sem licitação no âmbito da Administração Pública.

O Tribunais de Contas do Brasil está atualizado com as decisões mais recentes do Supremo Tribunal Federal – STF, do Tribunal de Contas da União – TCU e de outros tribunais que, muitas vezes, acrescentaram novas perspectivas como limite ao contraditório e à ampla defesa e às denúncias. O livro se divide em cinco capítulos, fundamentando-se em doutrina e na jurisprudência de tribunais superiores e tem a pretensão de servir de guia seguro aos operadores das normas e funções referentes ao sistema de controle brasileiro.

Os interessados nas novas edições podem acessar o site da Editora Fórum: http://loja.editoraforum.com.br/

Quem é Jacoby Fernandes?

Jorge Ulisses Jacoby Fernandes é mestre em Direito Público, professor de Direito Administrativo, advogado, escritor, conferencista e consultor cadastrado no Banco Mundial. O especialista também é presidente da Jacoby Fernandes & Reolon Advogados Associados, mas já fez grande trajetória no serviço público, onde exerceu os cargos de: advogado e administrador postal da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos; juiz do Trabalho no TRT/10ª Região; procurador e procurador-geral do Ministério Público e conselheiro do Tribunal de Contas do Distrito Federal. É membro vitalício da Academia Brasileira de Ciências, Artes, História e Literatura, como acadêmico efetivo imortal em ciências jurídicas, ocupando a cadeira número 7, cujo patrono é Hely Lopes Meirelles.