Da Agência TCU

A capacidade de gestão do Estado brasileiro foi o tema central da palestra realizada pelo presidente do Tribunal de Contas da União – TCU, ministro Augusto Nardes, ao abrir o programa Agenda Cidadã, organizado pelo Tribunal de Contas do Estado do Tocantins – TCE-TO, em Palmas, no último dia 24. O presidente apresentou dados sobre a atuação estatal e apontou entraves e alternativas para a melhoria da governança e para o desenvolvimento do País. “Não podemos aceitar certas contradições no Brasil”, afirmou.

Agentes públicos como prefeitos, vereadores e secretários ouviram explicações e também alertas do presidente do TCU: “um prefeito não pode sentar na cadeira e achar que é dono do município”, enfatizou. Nardes chamou a atenção dos presentes, cerca de 800 pessoas, para a necessidade de os agentes públicos conhecerem a realidade da região em que atuam e terem consciência de que trabalham para a sociedade.

Entre os desafios para melhorar a capacidade de gestão está ampliar a motivação das pessoas que trabalham na administração pública e a coordenação entre esferas de governo e poderes. “Tem que saber o que é governança para fazer a máquina andar”, declarou Nardes.  Minutos antes, o presidente do Tribunal de Contas do Estado do Tocantins (TCE-TO), José Wagner Praxedes, havia destacado a possibilidade que os administradores públicos têm de “fazer a diferença”.