Canal Aberto Brasil
Absolutamente tudo sobre notícias

Palmeiras goleia Corinthians e sonha com título do Brasileirão

Em partida atrasada da 28ª rodada, Palmeiras não toma conhecimento do rival Corinthians e goleia no Dérbi. Equipe agora está há 6 pontos do líder e com 1 jogo a menos.

O Palmeiras fez mais uma partida impecável no Brasileirão e goleou o rival Corinthians por 4×0 com dois gols de Raphael Veiga e 2 de Luiz Adriano. A equipe agora ganha fôlego e entra de vez na briga pelo título do Campeonato Brasileiro, já que agora está com 51 pontos, 6 a menos que o líder São Paulo e com 1 jogo ainda para cumprir.

O Corinthians por sua vez, tem a reação freada, já que não perdia há 7 jogos. A equipe agora está há 8 pontos do G6, mas ainda sonha com Libertadores, já que pode virar G7, dependendo do resultado da Copa do Brasil e/ou Libertadores atual.

Como foi o jogo?

O Palmeiras não tomou conhecimento do Corinthians, o alviverde dominou praticamente toda a partida, fazendo 2 gols no início e 2 no fim.

O primeiro gol da partida saiu aos 33 minutos, com Raphael Veiga. O meia recebeu de Willian na área, dominou e bateu bem para inaugurar o marcador.

Ainda no primeiro tempo, aos 44 minutos Willian novamente fez uma bela jogada e tocou para Luiz Adriano só empurrar para o gol. O assistente marcou impedimento inicialmente, mas logo voltou atrás com auxílio do VAR e confirmou o gol.

O timão até conseguiu atacar na etapa inicial, mas parou em Weverton e até na trave, com Gil.

O Palmeiras voltou com tudo para a 2ª etapa e dominou o jogo. Logo aos 2 minutos, Raphael Veiga, novamente ele, aproveitou sobra de dividida entre Luiz Adriano e Jemerson para encher o pé e marcar. Palmeiras 3 x 0 Corinthians.

O alviverde continuou em cima, buscando aumentar ainda mais o placar, mas foi de um presente que saiu o 4º gol. Gabriel recuou mal para Cássio, Luiz Adriano correu, dividiu com o goleiro e viu a bola parar dentro da rede. O segundo do atacante na partida, o 4º do Palmeiras.

Luiz Adriano comemorando gol contra o Corinthians (Foto: Cesar Greco / Palmeiras)

Para piorar, depois de ir ao VAR, o juiz expulsou Gabriel aos 31 minutos do segundo tempo, ao ver que volante deixou o braço no rosto de Danilo, jogador do Palmeiras.

Mas ficou nisso. O Palmeiras venceu e convenceu, ganhou confiança para formar a equipe titular da final da Libertadores no dia 30 e ainda de quebra, diminuiu a diferença para o líder do campeonato.

você pode gostar também

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. OK Mais detalhes