O Ministério da Educação – MEC instituiu nesta quinta-feira, 16, a Portaria nº 27/2014, que cria o Plano de Carreira dos Cargos Técnico-Administrativos em Educação no âmbito das Instituições Federais de Ensino. Os objetivos são contribuir para o desenvolvimento profissional do servidor e promover a capacitação e qualificação na gestão pública e no exercício das atividades rotineiras.

O Plano trouxe levantamento que revelou um total de mais de 120 mil Técnico-Administrativos em Educação: 98.974 em Universidades Federais e 22.265 em Institutos Federais.

Comentário do CAB: Este plano de carreira específico é interessante, pois vai além da mera promoção profissional. Para crescer no ambiente de trabalho, o servidor precisa capacitar-se continuamente por intermédio de cursos e pós-graduações.

As instituições de ensino superior estão dando um ótimo exemplo a ser seguido pela Administração Pública: não basta aumentar a remuneração, é preciso aumentar o conhecimento – e, consequentemente, a eficiência – dos servidores públicos.