O senador Gim Argello (PTB-DF) tem demonstrado interesse em assumir uma vaga de ministro do Tribunal de Contas da União -TCU. Líder do seu partido no Senado, ele já se colocou à disposição da presidente Dilma Rousseff (PT). Gim quer ocupar a vaga do ministro Valmir Campelo, que completará 70 anos de idade em setembro, quando irá se aposentar. Mesmo assim, rumores apontam que o senador do PTB quer assumir o cargo antes disso. “Se for para esperar até setembro para sair a indicação [à vaga de ministro do TCU], eu vou concorrer à reeleição na chapa do Arruda”, disse ele ao blog do jornalista Ricardo Noblat.

Gim assumiu o Senado após a renúncia do ex-governador Joaquim Roriz em 2007. Apesar de formado em Direito, o político sempre trabalhou como corretor de imóveis antes de virar político. Agora, o polêmico senador quer ocupar um cargo na corte responsável por analisar as contas públicas. Os contrários à indicação de Gim Argello, no entanto, dizem que ele não poderia ser ministro do TCU pelo fato de não possuir “reputação ilibada”. Ele responde a um processo no Supremo Tribunal Federal diversos crimes fiscais e financeiros decorrentes de seu enriquecimento, considerado rápido demais.