A presidente da República, Dilma Rousseff, publicou medida provisória que altera os valores da tabela do Imposto de Renda para 2015. A MP nº 644/2014 muda alíquota usada como base do cálculo e a parcela a reduzir.

O teto salarial de isenção da declaração sobe de R$ 1.787,77 para R$ 1.868,22 mensais. Outros valores de deduções também sofreram modificações. A nova tabela passa a vigorar em janeiro de 2015 para a declaração de ajuste anual que terá que ser feita pelo contribuinte em 2016.

 

Base de Cálculo (R$) Alíquota

(%)

Parcela a Deduzir

do IR (R$)

Até 1.868,22
De 1.868,23 até 2.799,86 7,5 140,12
De 2.799,87 até 3.733,19 15 350,11
De 3.733,20 até 4.664,68 22,5 630,10
Acima de 4.664,68 27,5 863,33

 

Comentários do CAB: A correção na tabela havia sido anunciada por Dilma em pronunciamento feito na quarta-feira, 30 de abril, véspera do Dia do Trabalhador. O Ministério da Fazenda informou que a essa correção custará aos cofres do governo R$ 5,3 bilhões em 2015, que é valor da renúncia fiscal com a adoção da medida.