A Escola Nacional de Administração Pública – Enap realizou nesta quinta-feira, 23, o evento chamado Café com Debate, cujo tema foi “Experiências Recentes de Implantação de Processo Eletrônico na Administração Pública Federal”.

O Processo Eletrônico – PJe é uma iniciativa conjunta de entes, órgãos e entidades das diversas esferas do governo para a construção de uma infraestrutura pública de processo administrativo eletrônico, que permita a criação e o trâmite de documentos e processos no ambiente virtual. O projeto visa possibilitar a obtenção de melhorias no desempenho dos processos da administração pública, com ganhos em agilidade, produtividade e satisfação do público usuário, bem como redução de custos.

Durante o Café com Debate, houve apresentações e diálogos sobre as ações já realizadas em relação ao PJe, os desafios encontrados e as possibilidades que o projeto apresenta para os próximos anos. Dentre os debatedores estiveram o Secretário-Executivo do Ministério das Comunicações, Genildo Lins; o Chefe da Assessoria Especial para Modernização da Gestão, do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão, Valter Correia da Silva; a Diretora de Gestão do Conhecimento, do Tribunal Regional Federal da 4ª Região, Patrícia Valentina Ribeiro Santanna; e o Superintendente de Planejamento da Comissão de Valores Mobiliários, Daniel Valadão de Sousa Corgozinho. O presidente da Enap, Paulo Sergio de Carvalho, foi o moderador da discussão.

O PJe vem sendo implementado gradualmente em diversos órgãos e instâncias governamentais. No entanto, devido a falta de infraestrutura em municípios menores e a problemas na plataforma, o PJe tem sido bastante criticado. Há locais utilizando versões diversas do sistema, o que acaba gerando conflito no envio de arquivos, por exemplo. Mesmo assim, várias entidades já conseguiram implementar com sucesso o projeto.