Quase um mês depois que o Tribunal de Contas da União – TCU autorizou o reinicio das obras no aeroporto de Vitória pelo Regime Diferenciado de Contratação – RDC, nada aconteceu. A Infraero não consegue colocar na rua o edital para que as empresas se habilitem a realizar o serviço.

À época, o diretor de engenharia da estatal, Jaime Parreira, disse que o edital seria lançado em no máximo duas semanas após a decisão da Corte de Contas. Mas até agora nada. Com a proximidade da Copa, é provável que as obras só recomecem após a final dos jogos.

As obras que estão paradas desde 2008 por suspeita de superfaturamento e outras irregularidades apontadas pelo TCU. O órgão rescindiu o contrato anterior e mandou começar do zero. Dessa vez, no entanto, as obras seriam licitadas via RDC, que encurta prazos e mantém o critério de menor preço.