O Ministério da Saúde autorizou a liberação de R$ 9,6 milhões para o Fundo de Saúde do município baiano de Itabuna. Localizada a 423 km da capital Salvador, a cidade deverá investir os recursos em hospitais públicos que realizem procedimentos de média e alta complexidade. O montante será liberado gradativamente em parcelas mensais.

Comentários do CAB: São exemplos de procedimentos de alta complexidade: tomografia computadorizada, a ressonância magnética, a hemodiálise, a quimioterapia e o cateterismo cardíaco. A lista completa está disponível no site da Agência Nacional de Saúde Suplementar – ANS.