O Estado do Mato Grosso do Sul, por intermédio do Conselho Gestor do Programa de Parceria Público-Privada – PROPPP-MS, divulgou este mês os seus quatro projetos ou áreas prioritárias para PPPs.

Os projetos e áreas de interesse são as seguintes:

  • Aquário do Pantanal;
  • gestão de Unidades de Conservação (UCs), especialmente nas que fazem parte do grupo de Proteção Integral, tais como parques e monumentos naturais;
  • construção e operação de presídios; e
  • construção e operação de hospitais.

O projeto Aquário do Pantanal obteve seus estudos de viabilidade em função de Procedimento de Manifestação de Interesse (PMI) publicado em 2012, mesmo ano em que a lei estadual de PPP foi promulgada.

Comentários do CAB: Empresas interessadas em atuar com PPPs terão ótimas oportunidades no Mato Grosso do Sul muito em breve. O estado é abarrotado de unidades de conservação e o governador André Puccinelli já anunciou a construção de pelo menos três unidades prisionais.