A Companhia do Metropolinato do Distrito Federal está sob investigação. O Ministério Público do Distrito Federal instaurou inquérito civil público para apurar suposta prática de nepotismo cometida no âmbito do Metrô-DF.

O procedimento, que está registrado no Sistema de Controle e Acompanhamento dos Feitos e Requerimentos sob o nº 08190.108739/15-02, foi instaurado pela Promotora em exercício na 5ª Promotoria de Justiça de Defesa do Patrimônio Público e Social, Juliana Ferraz da Rocha Santilli.

O nepotismo é termo utilizado para designar a prática de se nomear parentes para ocupar cargos na Administração Pública. É uma conduta vedada pelo ordenamento jurídico brasileiro, em cumprimento aos princípios da impessoalidade, moralidade, isonomia e eficiência, contemplados na Constituição Federal.

Metrô-DF

A Companhia do Metropolitano do Distrito Federal foi criada em 1993 com o objetivo de operar o transporte. O projeto do METRÔ-DF é composto por 29 estações, das quais 24 estão em funcionamento. Com uma frota de 32 trens, transporta em média 140 mil passageiros por dia. Toda a via tem extensão de 42,38 km e liga a região administrativa de Brasília às de Ceilândia e Samambaia, passando pela Asa Sul, Setor Policial Sul, Estrada Parque Indústria e Abastecimento (EPIA), Guará, Park Way, Águas Claras e Taguatinga.