O Ministério da Saúde autorizou a liberação de quase R$ 25 milhões para serem investidos em procedimentos de média e alta complexidade em 12 estados do país. Os municípios de Mauá, Fortaleza, Governador Valadares e Curitiba também receberão parte dos recursos diretamente. Dentre uma das finalidades do montante, cerca de R$ 1,7 milhão será utilizado na Rede Cegonha do Maranhão, programa que auxilia mulheres durante a gravidez.

São considerados procedimentos de média e alta complexidade os atendimentos em UTIs, determinadas cirurgias, exames complexos e procedimentos especializados.

Comentários do CAB: Interessante ver que a Copa não impactou na liberação de recursos para a saúde, ao contrário do que muitos críticos afirmam. Quase diariamente o Ministério da Saúde libera verbas para investir, especialmente nos procedimentos de média e alta complexidade. O problema é a gestão deste dinheiro, já que a população não consegue sentir os benefícios deste constante investimento. Falta treinamento, governança e mais consciência na aplicação da verba pública.