O Procurador-Geral da República, Rodrigo Janot, divulgou no DOU desta quarta-feira, 16, a aplicação de punição contra a empresa PRES-SERVICE COMÉRCIO E SERVIÇOS LTDA. A prestadora de serviços foi impedida de licitar e contratar com a União por cinco anos, além do descredenciamento do SICAF. A empresa, lotada fisicamente em Rondônia, não respeitou os termos contratuais e por isso por sancionada.

Comentários do CAB: Infelizmente, o Ministério Público não divulgou a causa de uma punição tão severa. Seria interessante que isso acontecesse até para servir de alerta para que outras licitantes evitem descumprir as cláusulas contratuais.