Foi divulgada nesta quinta-feira, 10, uma portaria do Ministério da Justiça e Ministério das Cidades, na qual na qual é criado um grupo executivo que vai discutir, aprovar e implementar ações de prevenção, controle e apuração de desvios de finalidade de políticas sociais de habitação. A meta é promover articulações com órgãos públicos dos estados de maneira a assegurar a eficácia das ações pontuais.

Ao todo, quatro servidores vão compor o grupo: um da Secretaria Nacional de Segurança Pública, um da Polícia Federal e dois da Secretaria Nacional de Habitação. Os componentes não serão remunerados pelo trabalho e não há uma data para conclusão das atividades.

Comentários do CAB: Toda iniciativa para acabar com a corrupção merece aplausos. Vamos torcer para que o grupo mostre resultados efetivos no combate ao uso indevido dos programas habitacionais.