O Ministério Público do Distrito Federal e Territórios instaurou inquérito civil para apurar suposta lesão ao patrimônio público causado pela Fundação Jardim Zoológico (zoológico de Brasília). O MPDFT não deu detalhes sobre o processo.

O procedimento que está registrado no Sistema de Controle e Acompanhamento dos Feitos e Requerimentos sob o número sob nº 08190.0108555/15-61, foi iniciado pelo promotor em exercício na 3ª Promotoria de Justiça de Defesa do Patrimônio Público e Social, Cláudio João Medeiros Miyagawa Freire.

O zoológico de Brasília é a primeira instituição ambientalista do Distrito Federal. Criado em 6 de dezembro de 1957, o local possui uma área de 139,7 hectares, que abriga 1.100 animais de 217 espécies. A Fundação administra também uma Área de Relevante Interesse Ecológico – ARIE, de 440 hectares, conhecida como Santuário da Vida Silvestre e que se limita ao Aeroporto JK, à Vila Telebrasília e à Candangolândia. O zoológico é órgão vinculado à Secretaria de Estado do Meio Ambiente do Distrito Federal.