O Ministério Público Federal – MPF instaurou um inquérito civil para investigar a compra feita pela Prefeitura Municipal de Rondonópolis/MT, sem procedimento licitatório, de patrulhas mecanizadas com recursos federais. A investigação foi aberta, segundo consta em portaria, por haver indícios de lesão ao erário por meio de contratação e compra mediante dispensa de licitação.

De acordo com a portaria, o procurador da República Guilherme Rocha Gopfert irá verificar a regularidade da aplicação da verba relativa ao convênio de nº 782859/2013, firmado entre a prefeitura de Rondonópolis e a Sudeco – Superintendência de Desenvolvimento do Centro Oeste.

O prefeito Percival Muniz (PPS) autorizou a dispensa da licitação (Termo nº 38/2013) e contratou a empresa Guimarães Agrícola Ltda. O valor total da dispensa foi de R$ 336.368,00. Foram adquiridos dois tratores, duas grades aradoras, duas carretas agrícolas e duas ensiladeiras.