O Tribunal de Contas da União – TCU analisou operação de crédito externo firmada entre o Governo do Rio Grande do Sul e o Banco Interamericano de Desenvolvimento – BID, para financiar parte do Programa de Consolidação do Equilíbrio Fiscal do Estado.

Após a análise, o TCU informou ao Senado que a operação contratada elevou substancialmente o nível de comprometimento das receitas atuais e o Estado poderá vir a ter dificuldades de honrar seus compromissos financeiros em concomitância com a execução de políticas públicas necessárias ao seu desenvolvimento, sob a responsabilidade do respectivo governo.

Comentário do CAB: o Governo do Estado se endividou perigosamente mais para controlar seu endividamento!

Confira o teor do Acórdão nº 2986/2013 do Plenário do Tribunal de Contas da União.