Entre os meses de janeiro e setembro deste ano, o Polo Industrial de Manaus faturou R$ 62,7 bilhões, segundo dados compilados pela Superintendência da Zona Franca de Manaus – Suframa.

O valor representa crescimento de 5,7% em relação ao mesmo período de 2013, quando o faturamento registrado foi de R$ 59,3 bilhões. Na comparação em dólar, o faturamento é de US$ 27,4 bilhões, 2,12% a menos que o mesmo período de 2013, quando o PIM faturou US$ 28 bilhões.

Considerando o faturamento mês a mês, o valor registrado em setembro deste ano (R$ 7,94 bilhões) só é menor que os números alcançados em outubro e novembro do ano passado, quando foi ultrapassada marca de R$ 8 bilhões.

Os segmentos Bens de Informática e Eletroeletrônico continuam sendo os principais responsáveis pelos números do PIM: somaram R$ 31,5 bilhões em faturamento, de janeiro a setembro, pouco mais da metade do faturamento total do Polo.

Neste período, o segmento de Bens de Informática cresceu 9,52%, enquanto o segmento Eletroeletrônico cresceu 6,67% em relação ao mesmo período de 2013.

Entre os demais segmentos, o Metalúrgico cresceu 14,60% nos nove meses de 2014, faturando R$ 2,85 bilhões. O Termoplástico, por sua vez, cresceu 13,26%, registrando faturamento de R$ 3,28 bilhões.

Já o Químico registrou crescimento de 4,12%, obtendo faturamento de R$ 7,55 bilhões. O polo de Duas Rodas continua sentindo os impactos da baixa oferta de crédito para a compra de motos e apresentou queda de 2,38%, com faturamento de R$ 10,08 bilhões.

Também cresceram no período o setor Têxtil (71,30%), registrando R$ 37,9 milhões; de Beneficiamento da Borracha (23,16%), com R$ 150,27 milhões; Produtos Alimentícios (23,39%), com R$ 176,20 milhões; e Bebidas (9,15%), com faturamento de R$ 452,7 milhões.

Produção

Entre os produtos, os televisores e tablets continuam sendo os principais impulsionadores dos segmentos Eletroeletrônico e de Bens de Informática, respectivamente.

De janeiro a setembro deste ano, foram produzidos 9,9 milhões de televisores com tela de cristal líquido (aumento de 12,01%) e 1,6 milhão de TVs de plasma, que cresceu a produção em 190,99% quando comparada ao mesmo período de 2013. Já os tablets registraram produção de 2,2 milhões de unidades, com crescimento de 28,01%.

Outros produtos que obtiveram crescimento na produção, a partir dos dados de janeiro a setembro, foram os condicionadores de ar, tanto split system (19,68%) com 2,78 milhões de unidades, quanto o de janela (19,37%) com produção de 537,18 mil unidades. A produção de forno micro-ondas registrou crescimento de 14,26%, com 3,49 milhões de unidades fabricadas.

Empregos

A mão de obra no mês de setembro foi de 120.089 trabalhadores, entre efetivos, temporários e terceirizados. A média mensal do ano está em 122.075 postos de trabalho, a maior já registrada para o período na história do Polo Industrial de Manaus.