A Prefeitura do Rio adiou o início da licitação para as obras de construção da Vila Olímpica. O Tribunal de Contas do Município – TCM/RJ questionou determinados pontos do edital que ia ser lançado nesta segunda-feira, 27. O parecer completo do relator do TCM ainda não está pronto, mas a Prefeitura afirma já estar trabalhando para corrigir as inconsistências encontradas.

Os questionamentos não foram divulgados. A obra para erguer o conjunto de moradias onde os atletas ficarão hospedados vai custar R$ 28,7 milhões. As obras têm como objetivo a estabilização do solo, aterro e implantação de infraestrutura para áreas de apoio na Vila dos Atletas.

Preparação para as Paraolimpíadas

Há exatos 500 dias para as Paraolimpíadas, a Prefeitura do Rio apresentou a maquete tátil do Parque Olímpico, que pode ser tocada por pessoas com deficiência visual. Estima-se que mais de 4,3 mil atletas de 178 países vão participar dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro em 2016.

A expectativa do Comitê Paraolímpico do Brasil é que o país, que ficou no sétimo lugar em Londres, melhore a participação e alcance o quinto lugar na Olimpíada do Rio.