A Secretaria de Logística e Tecnologia da Informação do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão publicou no dia 7 de outubro de 2013,  instrução normativa impondo intervalo mínimo de tempo para lances dos licitantes. Para novos certames, na fase competitiva do pregão, em sua forma eletrônica, o intervalo entre os lances enviados pelo mesmo licitante não poderá ser inferior a vinte segundos e o intervalo entre lances não poderá ser inferior a três segundos.

Confira o teor da Instrução Normativa nº 3, de 4 de outubro de 2013.