A recente norma do Ministério da Educação, disposta pela Portaria nº 982, de 3 de outubro de 2013, estabelece os requisitos para a promoção ao cargo de professor titular.

Nota negativa: os requisitos são geralmente atrelados a atividades extra classe, desprestigiando o professor pó de giz.

Nota positiva: induz ao aperfeiçoamento intelectual dos professores.