O Ministério da Integração Nacional autorizou o empenho e repasse de R$ 5 milhões a Alagoas para a execução de ações de socorro, assistência às vítimas e restabelecimento de serviços essenciais, conforme processo nº 59050.001081/2012-64.

Comentários do CAB: a expressão “conforme processo nº 59050.001081/2012-64” parece ter sido obra de alguém interessado em manter em sigilo o motivo para destinar os referidos  recursos. Sob a luz da Constituição, não se pode admitir que o ministério gaste o dinheiro do povo com publicidade para escrever algo que, para ser entendido, será necessário pedir cópia do referido processo administrativo.

Após ler o magnífico ato, ainda resta a dúvida: o que motivou a transferência dos recursos?

Provavelmente algum cérebro iluminado dirá: “basta pedir cópia do processo administrativo e ler”. Pobre destino desse país..