O Serviço Móvel de Urgência – Samu 192 receberá mais um aporte de recursos do Governo Federal. O Ministério da Saúde publicou hoje, 1º, no Diário Oficial da União a Portaria nº 626, de 28 de maio de 2015, que estabeleceu recursos de incentivo para custeio do Samu no valor de mais de R$ 24 milhões.

Os recursos deverão ser transferidos pelo Fundo Nacional de Saúde a vários estados e municípios em parcela única. A norma que autorizou o repasse enumera todas as cidades que serão contempladas. O Fundo Nacional de Saúde adotará as medidas necessárias para a transferência das verbas para os fundos municipais e estaduais de saúde.

Quem receberá os recursos?

Municípios dos estados do Amazonas, Bahia, Goiás, Maranhão, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Pará, Paraíba, Pernambuco, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo receberão o auxílio.

Serviço, às vezes, peca pela demora em chegar aos locais, mas tem salvado muitas vidas.
Goiânia é a cidade que receberá mais recursos para o Samu.

Goiânia é a cidade que perceberá a maior verba programada no montante de R$ 1.086.795,00 e diversos municípios de Santa Catarina contarão com o menor auxílio no valor de R$ 8.794,00.

Os recursos orçamentários correrão por conta do Orçamento do Ministério da Saúde – MS, devendo onerar o Programa de Trabalho nº 10.302.2015.8761 do Samu.

A medida foi adotada com base em diversas portarias do MS, dentre elas a Portaria nº 1.600/GM/MS, de 7 de julho de 2011, que reformula a Política Nacional de Atenção às Urgências e institui a Rede de Atenção às Urgências no Sistema Único de Saúde; e a Portaria nº 1.010/GM/MS, de 21 de maio de 2012, que redefine as diretrizes para a implantação do Samu 192 e sua Central de Regulação das Urgências, componente da Rede de Atenção às Urgências.

Samu 192

O Samu 192 é um programa do Governo Federal que tem a finalidade de prestar socorro de emergência à população. O serviço funciona durante as 24 horas do dia e é composto por uma equipe de profissionais da saúde, como médicos, enfermeiros e socorristas que atendem pacientes nas áreas clínica, cirúrgica, traumática, gineco-obstétrica e saúde mental.

O programa faz parte da Política Nacional de Atenção às Urgências (criada em 2003), que tem como objetivo principal garantir a qualidade de atendimento no Sistema Único de Saúde – SUS. A rede nacional do Samu 192 possui hoje 146 serviços de atendimento móvel às urgências, atendendo, com isso, 1.269 municípios brasileiros e 101 milhões de pessoas.

SUS

Considerado um dos maiores sistemas de saúde do mundo, o SUS foi criado em 1988, pela Constituição Federal Brasileira. O sistema abrange o atendimento gratuito da população em procedimentos mais simples, como o ambulatorial, até os mais complexos como o transplante de órgãos.

O Ministério da Saúde disponibiliza uma cartilha sobre o SUS denominada “O SUS de A a Z” para as pessoas que queiram obter informações essenciais sobre o sistema.