A Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República – SDH/PR instituiu um grupo de trabalho nacional para realizar estudos e elaborar proposta de diretrizes orientativas para o processo de escolha dos membros dos conselhos tutelares. O objetivo é dar maior clareza à eleição destes representantes e melhor regulamentar a atividade. O grupo terá 180 dias para apresentar um relatório à ministra Ideli Salvatti e a participação dos integrantes do GT não será remunerada.

Comentários do CAB: Excelente medida que vai de encontro à política de transparência do Governo Federal. De acordo com o modelo atual, os conselheiros são escolhidos por voto da comunidade em que vive em procedimento semelhante às eleições para prefeito. Porém, como a população ainda conhece pouco sobre o trabalho destes profissionais, o índice de participação da sociedade é muito baixo. Acaba que a decisão fica por conta dos próprios conselheiros que ficam se revezando nos cargos. O conselheiro eleito cumpre um mandato de quatro anos, sendo permitida uma recondução.