Da Tribuna do Norte, com adaptações

A Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo implantará um modelo de Parceria Público-Privada – PPP em logística, armazenamento e distribuição de medicamentos e vacinas. Serão criados seis centros de distribuição de medicamentos e imunobiológicos em diferentes regiões do estado, em parceria com a iniciativa privada. Um deles deve ser para a região metropolitana do Vale do Paraíba.

Além disso, haverá a criação de uma Central Logística de Inteligência Farmacêutica, que será uma espécie de “QG” instalado dentro da Secretaria, para monitorar e centralizar as informações relacionadas ao funcionamento de cada centro de distribuição.

A contratação da PPP se dará na modalidade de Concessão Administrativa, pelo prazo de 20 anos. A definição da empresa e assinatura do contrato deverão ser concluídas no primeiro semestre deste ano. O governo estadual permanecerá com as atividades de coordenação, planejamento, monitoramento e controle das ações da área da assistência farmacêutica estadual.