O Superior Tribunal de Justiça – STJ assinou em dezembro contrato de R$ 753,5 mil com a Toyota do Brasil para aquisição de onze veículos modelo Corolla, um dos carros preferidos entre políticos e servidores públicos no país. Cada unidade sairá por R$ 68.500.

Segundo o objeto do contrato, trata-se de “aquisição de veículos, de transporte institucional, para deslocamentos de magistrados no desempenho de atividades externas de interesse da administração”. Eles serão utilizados no atendimento aos ministros nas representações do Tribunal em São Paulo e no Rio de Janeiro. De acordo com o órgão, a aquisição visa substituir os veículos atuais, com dez anos de uso.

Segundo o site “Contas Abertas“, o Supremo Tribunal Federal – STF empenhou R$ 914,9 mil,  no último dia de 2013, para a compra de sete carros do modelo Azera, da marca Hyundai. Cada veículo custará R$ 130,7 mil.

Os automóveis irão atender os ministros em deslocamentos em Brasília. O site informa que, segundo a assessoria de imprensa do STF, a aquisição dos veículos seria para a renovação parcial da frota, realizada rotineiramente com base em análise de custos.

Se somados, os montantes investidos pelos dois tribunais em carros oficiais chegam a R$ 1,67 milhões.