O Conselho da Justiça Federal autorizou a liberação de crédito suplementar de mais de R$ 470 milhões para o Superior Tribunal de Justiça – STJ. A finalidade da verba é para a implantação de Varas Federais, julgamento de causas na Justiça Federal, assistência médica aos servidores e pagamento de aposentadorias e pensões, esta última representando um montante de R$ 445 milhões.

Comentários do CAB: A privatização dos serviços de apoio aos magistrados é algo a ser pensado com urgência no Brasil, desde escriturários, analistas e outros, preservando-se apenas a função jurisdicional, exercida por juízes, ministros e desembargadores.