A Superintendência de Seguros Privados – Susep, autarquia nacional vinculada ao Ministério da Fazenda, instituiu Comitê Permanente de Prevenção à Lavagem de Dinheiro e Coibição ao Financiamento do Terrorismo nos Mercados de Seguros, Resseguros, Capitalização e Previdência Privada Aberta.

O Comitê é um organismo deliberativo de caráter permanente que tem o objetivo de tratar assuntos relativos à prevenção de lavagem de dinheiro e ao combate do terrorismo. O grupo, que será presidido pelo gestor da Diretoria de Fiscalização – DIFIS, é composto por membros dos órgãos de fiscalização e por representantes da Susep.

Dentre outras competências, o comitê promoverá a cultura da prevenção à lavagem de dinheiro e coibição ao financiamento do terrorismo; acompanhará estudos e movimentos nacionais e internacionais, bem como as novas tecnologias desenvolvidas nesta área; proporá normas e procedimentos e a contratação de especialistas para auxiliar nas tomadas de decisão.

O comitê, que foi instituído pela Deliberação nº 169 da Susep, de 3 de novembro de 2014, também deverá sugerir a capitação de servidores, por meio da participação em fóruns, congressos, grupos de discussão e outras ferramentas.

A Susep

A Superintendência de Seguros Privados – Susep é o órgão responsável pelo controle e fiscalização dos mercados de seguro, previdência privada aberta, capitalização e resseguro.

A autarquia foi criada pelo Decreto-lei nº 73, de 21 de novembro de 1966 e tem como missão regular, supervisionar e fomentar os mercados de seguros, promovendo a inclusão securitária e previdenciária e a qualidade no atendimento aos consumidores.