O jornal O Globo desta terça-feira, 1º, traz matéria acerca de relatório do Tribunal de Contas da União – TCU, obtido com exclusividade, sobre a compra da refinaria de Pasadena, na Califórnia, localizada nos Estados Unidos. O relatório é fruto de uma minuciosa avaliação do órgão sobre a negociação entre a Petrobrás e a Astra. O TCU indicou ter havido um prejuízo aos cofres públicos de, no mínimo, US$ 126 milhões (R$ 308 milhões, aproximadamente).

Os auditores do TCU consideram que há indício de irregularidade na maneira como a empresa brasileira tratou do assunto. A estatal informou ao mercado que pagou os US$ 170 milhões por estoques de produtos que estavam na refinaria na época da compra. Mas, ao analisar os detalhes do contrato, os auditores dizem que essa cifra efetivamente paga e declarada ao mercado não tinha relação com os estoques. Era de outra natureza, fazia parte de ajuste de preço na transação comercial.

Leia a matéria na íntegra no site do jornal O Globo.