O Tribunal de Contas da União (TCU) encaminhou ao presidente do Congresso Nacional, senador Renan Calheiros, o Relatório de Atividades do tribunal referente ao 2º trimestre de 2015. O relatório compreende os principais resultados da atuação do TCU, tanto na área do controle da gestão pública, quanto na área administrativa.

O benefício financeiro potencial decorrente da atuação do TCU alcançou o montante histórico de mais de R$ 15,45 bilhões. Isso significa que para cada real investido no tribunal no período, considerado o montante de R$ 416,8 milhões, o País economizou R$ 37,06.

Entre os trabalhos de maior relevância realizados no 2º trimestre, está o monitoramento de determinações feitas pelo TCU, em 2013, à Empresa de Tecnologia e Informações da Previdência Social (Dataprev). O monitoramento objetivou evitar a prescrição de créditos tributários previdenciários em razão da migração tecnológica de aplicações utilizadas pela Secretaria da Receita Federal do Brasil. O trabalho do TCU induziu melhorias no processo de atendimento das demandas da Receita Federal, por parte da Dataprev, o que contribuiu para evitar a ocorrência de prescrição de créditos tributários da ordem de R$ 12,1 bilhões durante o ano de 2014.

Fonte: Portal TCU