O Ministério da Educação publicou na edição do Diário Oficial da sexta-feira, 31, edital de chamada pública cujo objeto é a pré-qualificação de tecnologias educacionais voltadas para a educação básica. O intuito, segundo o MEC, é promover a qualidade da educação e contribuir para a consolidação do direito de aprender.

Tendo como um dos objetivos específicos a mobilização de  especialistas, pesquisadores, instituições de ensino e pesquisa e organizações públicas ou privadas para a apresentação de tecnologias educacionais, as empresas do segmento têm uma boa oportunidade de impulsionar seus negócios neste e no próximo exercício financeiro, pois a data de homologação do resultado final está prevista para ocorrer apenas em 31 de agosto de 2015.

O edital completo pode ser acessado na página da Imprensa Nacional na internet: www.in.gov.br.

Comentários do CAB: O MEC foi bem suscinto na descrição, evitando entrar no mérito de quais “tecnologias educacionais” deseja. A falta de parâmetros pode ser uma faca de dois gumes: de um lado podem surgir iniciativas inovadoras e surpreendentes, do outro pode acabar não aparecendo projetos que se enquadrem na expectativa do ministério.