Coordenar os trabalhos da equipe de apoio e a condução do procedimento licitatório, credenciar interessados, ordenar propostas não desclassificadas, analisar documentos de habilitação e recursos eventualmente apresentados e elaborar a ata da sessão pública, são algumas das importantes atribuições do Pregoeiro.

Temas relacionados ao exercício das atividades deste profissional serão debatidos no 10º Congresso Brasileiro de Pregoeiros, que ocorrerá de 16 a 19 de março, em Foz do Iguaçu/PR. Conhecido como o maior evento nacional de capacitação de servidores públicos; este ano, o Congresso Nacional de Pregoeiros pretende reunir renomados legisladores, doutrinadores e autoridades do país, em Licitações e Contratos Administrativos.

O evento tem o objetivo de apresentar as mais recentes atualizações legislativa e jurisprudencial no âmbito das licitações e possibilitar ao Pregoeiro e aos administradores públicos o aprimoramento em suas áreas de atuação.

“A maior eficiência e economicidade nas compras governamentais depende essencialmente da excelência na técnica e do conhecimento que os gestores podem aplicar no cotidiano das compras governamentais”. Estas são as palavras do Professor Jorge Ulysses Jacoby Fernandes, especialista em Direito Administrativo que se unirá a outros especialistas da área como o Ministro Benjamin Zymler, Lucas Furtado, Edgar Guimarães, Rodrigo Pironti, Anderson Sant’Ana Pedra e Ronny Charles para ministrar as palestras e coordenar oficinas do evento.

Durante o congresso, deverá ocorrer também a cerimônia de entrega do Prêmio 19 de Março. Pregoeiros e órgão públicos que apresentaram trabalhos relacionados às compras públicas serão premiados nas categorias: Editais, Pregão, Pregoeiro, Sistema de Pregão Eletrônico, Iniciativas da Administração.