O jornal O Estado de S.Paulo de hoje, 6, publicou matéria onde acusa a presidente Dilma Rousseff de ter aberto precedente para uma suposta redução do controle dos investimentos em obras públicas. O texto antecipa que a presidente da República poderá usar disso para acelerar os serviços – e, assim, entregar as obras antes de ser impedida pela Lei Eleitoral.

Clique aqui e leia a íntegra do texto na página do Estadão.